WordPress Theme

Notícias

13 de Dezembro de 2016

Cachaça 51 exportação para brasileiros


A Cia Müller de Bebidas, maior fabricante de cachaça do mundo, está lançando em todo o mercado nacional a Cachaça 51 Exportação. Com isto, a partir de agora os brasileiros passam a ter opção de poder preparar caipirinhas e outros drinques exatamente com a mesma cachaça consumida e apreciada em mais de 50 países dos cinco continentes. Seguindo o padrão de qualidade da Cia Müller para todos seus produtos, inclusive a Cachaça 51 tradicional, que conquistou o paladar do consumidor no Brasil e se mantém na liderança há vários anos, a Cachaça 51 Exportação, antes um privilégio de consumidores internacionais, chega às prateleiras e gôndolas do Brasil com a apresentação que a tornou famosa no mundo: garrafa one way, design moderno, 700 ml de conteúdo, graduação de 40%.

 
A produção é 100% em destilaria própria, com cana cultivada pela própria Cia Müller de Bebidas, o que garante completa rastreabilidade e controle de todo o processo, desde o plantio da matéria prima até a linha de envasamento na fábrica de Pirassununga, interior de São Paulo. Sem adição de açúcar, a Cachaça 51 Exportação apresenta características sensoriais como suavidade no sabor e notas aromáticas florais e frutadas. “É uma bebida com excelente drincabilidade, que pode ser apreciada em doses e permite ampla exploração em coquetelaria”, afirma Rodrigo Maia, diretor de Vendas e Marketing da Cia Müller de Bebidas.
 
Foi aproveitando a visita de milhares de turistas de todo o mundo durante os jogos olímpicos, que a Cia Müller deu início à introdução da Cachaça 51 Exportação no mercado brasileiro. Na condição de patrocinador e fornecedor exclusivo de cachaça para mais de 300 quiosques de Copacabana à Barra da Tijuca, no litoral do Rio de Janeiro, a empresa vendeu 20 mil drinques no período da competição.
 
Para tanto, além da caipirinha com a receita tradicional, criou uma nova versão, o Brasileirinho, que inclui limão siciliano além do taiti e rapadura no lugar de açúcar; e desenvolveu novas receitas de outros drinques a base de cachaça, como o Vivito, mistura de cachaça com refrigerante e hortelã, o Tropicaxi, com abacaxi, capim santo e limão taiti. 
Estimular a coquetelaria e a mixologia em torno da cachaça tem sido uma das prioridades da
Cia Müller, que recentemente apresentou o Projeto Assinatura 51, no qual cinco mixologistas que se destacam na coquetelaria brasileira foram convidados a criar receitas exclusivas de bebidas prontas ou infusões autorais com a marca de cachaça mais consumida no Brasil.
Nova opção para os consumidores, a Cachaça 51 Exportação está disponível em supermercados, bares e restaurantes de todo o Brasil, sendo comercializada numa faixa de preço das cachaças consideradas premium. Para chamar a atenção estão previstas atividades promocionais como participação em eventos conceituais e divulgação em redes sociais além do Projeto 51 Com Você Premium: plataforma que envolve introdução de produtos, visibilidade das marcas, treinamento de garçons e bartenders, e estímulo ao giro de produtos no chamado on trade especial. Isto envolve a presença da marca 51 e seus produtos (51 Mel, Reserva 51, 51 Exportação) em cerca de 150 pontos de venda conceito em 22 cidades brasileiras.
 
Desde a década de 90 no mercado internacional, a Cachaça 51 Exportação é líder de vendas em países como Portugal, Espanha e Itália e reponde por 15% do total da cachaça brasileira vendida no exterior. A Cia Müller de Bebidas é o maior exportador brasileiro de cachaça engarrafada com volume de dois milhões de litros por ano e detém 20% do total do faturamento do setor de cachaça nas exportações brasileiras.
 
Fonte: Verdelho Associados