WordPress Theme

Notícias

27 de Fevereiro de 2015

Destilados brasileiros estão entre melhores do mundo


Depois de duas cervejas brasileiras ficarem entre as melhores do mundo na competição World Beer Cup, é a vez de os destilados nacionais ganharem destaque em outro torneio mundial, o San Francisco World Spirits Competition. Neste mês, a premiação divulgou as bebidas de maior destaque entre as 1.474 garrafas inscritas, oriundas de 64 países.
Como era de se esperar, a categoria cachaça só teve representantes tupiniquins presentes.

Dos 12 rótulos da lista final, o melhor foi Coisa Nossa Amadeirada, do Espírito Santo, com dupla medalha de ouro (grau máximo que pode ser conquistado na competição). Coisa Nossa Branca e a Yaguara, do Rio Grande do Sul, também obtiveram duplo ouro, seguidas pela cachaça Leblon, de Minas Gerais, que recebeu uma medalha de ouro (veja abaixo a tabela com todas as cachaças da lista).


Mas não foi apenas a bebida feita a partir da cana-de-açúcar que elevou a reputação brasileira na competição. A vodca Kalvelage, lançada em Santa Catarina há seis meses e vendida no próprio estado, na Bahia e no Espírito Santo, inaugurou sua participação em disputas internacionais com uma medalha de prata, junto com outras marcas famosas, como Smirnoff.


Outra bebida que ganhou destaque foi o Cedilla, de açaí da Amazônia, que levou medalha de prata na categoria licor de frutas. Feito pela destilaria mineira Maison Leblon, o rótulo era vendido apenas nos Estados Unidos e, desde setembro de 2013, está presente no mercado brasileiro.


Fonte: Exame.com