WordPress Theme

Notícias

27 de Julho de 2017

Os chás que dão energia


 Não é só o café que tem a capacidade de turbinar a atenção. Alguns tipos de chás também possuem esse efeito. É o caso daqueles feitos com a planta Camellia sinensis, como o preto e o verde. É que eles possuem uma dose razoável de cafeína, a substância conhecida por estimular o sistema nervoso central.

Nesse quesito, o chá preto sai na frente do verde, branco e oolong – as quatro versões derivadas da Camellia sinensis. “Uma xícara de 200 mililitros dele tem 40 miligramas de cafeína”, conta a nutricionista Bianca Chimenti Naves, da clínica NutriOffice, de São Paulo. O verde vem logo atrás, com 36 miligramas.

“Mas o teor de cafeína em ambos ainda é menor do que o presente no café, que é de aproximadamente 80 miligramas por xícara”, pondera a nutricionista.

Outra vantagem de apostar nessas infusões diz respeito à presença de flavonoides, que, de acordo com Bianca, são capazes de auxiliar na saúde cardiovascular. “Além disso, elas contêm praticamente zero calorias”, acrescenta. Claro: isso quando não vêm acrescidos de leite ou açúcar. 

Aliás, não há necessidade de adoçar a bebida. Se quiser dar um toque diferenciado, Bianca sugere lançar mão de umas gotas de limão. Está sentindo falta do sabor docinho? Dá para recorrer ao mel ou leite. “Só se lembre de que estará adicionando calorias”, avisa a expert.

Agora, caso queira investir em uma bebida quentinha antes de dormir, aí é melhor mesmo apostar naquelas infusões que não agregam cafeína, como a de camomila, hortelã e frutas vermelhas. 

 

Fonte: Saúde | Abril